Páginas

12 de abr de 2011

2 Curriculo: seu trabalho anterior foi com ou sem calças?

Fiquei sabendo do fato através de matéria do Jornal Hoje sobre Valter Paglios que em fevereiro foi nomeado chefe do escritório regional do IAP, Instituto Ambiental do Paraná, em Cascavel e agora foi exonerado do cargo por conta de ter sido o ator principal do filme  "A Outra Metade", feito em Cascavel há quase cinco anos classificado pelo produtor do filme como um romance erótico onde o nu artístico é o destaque que, claro, os outros classificaram como 'erótico'. 

Parece que estava tudo bem, imagino eu que com o Valter Paglios exercendo bem a sua função frente ao IAP, até que o senador Roberto Requião, que por sinal muita gente diria que sempre exerce bem a sua função nos cargos a que é eleito, criticou a nomeação. Requião classificou Valder Paglios como "ator pornô", causando polêmica e por consequência a exoneração de Valter.

Segundo a matéria: “O governo analisa o currículo. No currículo não constava essa questão. O governo não titubeia. O governo age com retidão e seriedade. Exonera a bem do serviço público. Houve quebra de confiança. Ele omitiu essas informações do currículo” - justificou Durval Amaral, secretário da Casa Civil do governo do Paraná.

Então, não sei vocês, mas eu já vi muita dica do Max Gehringer de como fazer um bom currículo e lembro dele dizer que cursos e experiências só deviam constar no currículo se tivessem relação com cargo. Tipo: não adianta citar que fez muitos cursos de culinária e já trabalhou em creche se o cargo é para mecânico, né? 

Enfim, eu realmente não sei dizer se o fato do Valter ter feito um filme 'adulto' diminui a eficiência dele no cargo ou se causaria problemas com os seus subordinados, o que sei é que encontrar gente que tem dificuldades em fazer o seu trabalho bem feito e que tem problemas com a opinião dos outros sobre sua competência no trabalho, não depende só de terem no currículo 'ator pornô'. Aliás, o próprio senador Roberto Requião deveria saber disso. 

Pena que com tantos exemplos de políticos no exercício do mandato aceitando suborno e desviando verbas o senador se preocupe se Valter, antes de assumir o Instituto Ambiental do Paraná, trabalhava com ou sem calça!
Ah, faça-me o favor...!

2 comentários:

  1. Ah, sinceramente, o que o Requião faz direito? O irmão psiquiatra trabalhando (e envolvido em fraudes) no porto pode né? (o que tem a ver psiquiatria com isso, qual a qualificação dele para o emprego? Simples: Irmão do Requião >.< )
    Esse é o mesmo Requião que teve um encontro com o presidente Lula para falar sobre o Paraná ser o maior produtor de mamona e o sujeito come a mamona ¬¬
    Pois é né, pode julgar muito as pessoas... sinceramente o que interessa é o quanto o sujeito é bom no cargo dele, no passado pode até ter sido garoto de programa, mas Requião é exemplo de profissional né... >.>

    ResponderExcluir
  2. O Roberto Requeijão está cada dia pior.

    ResponderExcluir

O blog é livre pra você comentar e se expressar sobre seus desejos, dúvidas,curiosidades. Só lembrando que comentários estimulando preconceitos ou contra a lei, como pedofilia, NÃO PODE! Expõe você como um idiota e pode dar problemas pra blogueira, mesmo está não concordando com você.

Se quiser conversar, mandar material ou fazer sugestões ao blog: conversaatrevida@gmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...