Páginas

5 de abr de 2011

26 Os homens ainda acham que as BOAS moças são pra casar e as moças BOAS pra transar?

Primeiro meus agradecimentos a Bia que me mandou um e-mail MUITO engraçado sobre o qual eu vou falar num outro post.
No e-mail, entre outras dicas, ela me falou de um programa da MTV, o PodSex
Eu não conhecia o programa, infelizmente sou da turma dos STC (sem TV a cabo), mas pude curtir alguns episódios do programa através do link que a Bia me mandou.
Um deles ‘tudo a ver’ com um papo que tive no fim de semana com umas amigas na balada. Afinal, os rapazes ainda acham que tem mulher pra casar e mulher pra transar?
Vamos combinar que a frase em si já é estranha porque, ao pé da letra, significaria que o cara casa e não transa com a mulher?
Mas aí um amigo explica essa dúvida “ah, mas com a mulher o cara faz amor né? E fazer amor é diferente de transar”.Eu, como solteira, fiquei desanimada...Quer dizer que, se eu casar, o meu marido só vai fazer amor comigo? Nada de transar, foder, trepar...?
Bom, a conversa continua e continua o impasse: afinal, se o cara consegue transar no primeiro encontro, vai achar que a mulher não serve pra casar?
Aí outros impasses:
Primeiro: QUEM garante que é o homem que levou ela pra cama? Eu, por exemplo, acho que se for sem violência, é mais fácil a mulher abrir o zíper de um homem do que ele baixar a calcinha de uma garota, sendo assim, se o cara abriu o zíper fácil pra mim, quer dizer que ele não é pra casar porque vai abrir pra toda garota que o provocar?
Verdade é que muito se escuta que as mulheres têm os mesmo direitos, inclusive sexuais.
Quer transar no primeiro encontro? Transa. Se ele pensar que é puta, problema dele.
Infelizmente, às vezes, é muito mais fácil ser ‘moderno’ nas conversas do que na prática.
Não no ato de transar, mas na parte do ‘não liga pro que ele vai pensar’. Raro as garotas que transam com o cara e não se incomodam se logo depois de gozar ele fechar o ziper e se mandar.
Óbvio que não precisa ser assim, eu mesma já conheci casais que se conheceram, ficaram e casaram. Alguns relacionamentos duraram, outros não. Como acontece com qualquer relacionamento.
Mas se a gente tem que ter uma opinião sobre o assunto, a minha, por enquanto, é assim:
Acho que os homens têm sim certa dificuldade de aceitar que a garota ‘deu’ pra ele no primeiro encontro, mas que não dá pra todos e, principalmente, não vai dar pra outros se eles ficarem juntos.
Creio que as mulheres têm tendência a acreditarem que o cara está cheio de tesão por ela porque ela é ‘incrível, sexy, inteligente, gostosa e especial’, já os caras tem dificuldade em acreditar que a garota ficou com ele porque ele é ‘incrível, sexy, inteligente, gostoso e especial’, normalmente pensam que ela deu pra ele porque ela é fácil mesmo. Deu pra ele como daria pra qualquer outro. Apesar de certos (pré)conceitos serem dados como ultrapassados ou equivocados, não dá pra negar que ainda estão presentes nas opiniões de muita gente, tanto de homens quanto mulheres (que aliás costumam ser TÃO ou mais preconceituosas com o comportamento sexual de outras mulheres do que os homens).
Verdade é que ainda é muito comum a gente ouvir:
Homem que já teve muitas mulheres é experiente, mulher que teve muitos homens é ‘rodada’.
Homem que pega fácil é garanhão, a mulher que ele pegou fácil é galinha (até porque raramente se vê alguém dizer que fulana pegou fulano, é sempre que o fulano pegou fulana).
Se a mulher sabe que o cara ‘pega geral’ e está dando bola pra ela, a tendência dela é achar que  com ela vai ser diferente, afinal, claro que ele vai se apaixonar por ela e esquecer as outras,...

Já se o homem sabe que a mulher que está dando em cima dele já saiu com vários homens ele acha que ela está querendo dar pra ele, assim como deu pra tantos outros....E que ela vai continuar dando pra todos depois que der pra dele.
Então, se me perguntam, eu digo sempre:
Nada é regra, claro. Mas na dúvida, se você está sentindo vontade de dar pra ele, dê. Depois levante a calcinha e não fique esperando ele te dar dinheiro pro táxi ou te ligar no outro dia.
Já se você  estiver interessada, se ele te faz suspirar, se quiser vê-lo outras vezes, se o tesão não estiver só entre as pernas o melhor mesmo é manter a calcinha no lugar.
Quando puder, não deixe de ver o vídeo. Interessante e acima de tudo MUITO divertido. É engraçado constatar como, mesmo as mulheres ‘modernas’, no fundo, se incomodam com o ‘você tem cara de que é pra transar’.
É só ver a ‘discussão’ bem humorada da Titi e da Kika sobre o assunto no final do vídeo.
  
E você? Tem cara de BOA moça ou moça BOA?

26 comentários:

  1. Humm atre papo dificil esse rsrs
    Acho que esse papo de dar no primeiro encontro não tem nada em determinar se ela é ou não puta ou para casar ou não..
    Já sai com mulheres que deram no primeiro encontro e eram mulheres sensacionais..deu tesão e pronto transou..
    já sai com mulheres que fizeram doce..não deram no primeiro nem no segundo e descobri ser uma bela puta sem escrupulos..tudo é relativo..
    Fazer amor é diferente sim de fazer sexo ao menos para mim..mas não significa que não rola os dois juntos..pq rola sim..vc pode fazer amor com a mulher que ama na mais pura sacanagem e fetiches..experiencia propria..
    Otima semana
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente o mundo é machista... Meu melhor namoro rolou cama no priemiro encontro e era uma mulher espetacular. Eu quero pra mim uma mulher pra casar com que eu faça TUDO que eu faria com uma garota de programa. Comigo não tem essa "subdivisão". Mulher é mulher, pra realizar e ser realizada.

    Mas e você Atrê?rs

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Olá Atrê... olha eu aki de novo! eh raro mas venho
    Eu acho que esse negocio de casar e trepar pelo menos no meu circulo de amizade naum rola muito naum.... qualquer mulher que apareça está predisposta a ser "comida" ou seja o principal intuito eh trepar, indifere o fato dela ser pra casar ou não! eu sei que se no primeiro encontro ela der pro cara fica uma puguinha atrás da orelha, mas se o cara quiser mesmo ela pode ser só pra trepar ou pra qualquer outra coisa que ele não liga.
    conheço alguns exemplos de amigos, que mesmo todos dizendo que ela é só pra "trepar" e tals.. que a menina eh bomba, ela naum ta nem ai quer namorar com ela e ponto! acho que seja relativo mas uma coisa eh certa... mesmo sendo "pra casar" o cara quer trepar no primeiro momento que puder :D

    falando no meu blog, não eh que eu desisti dele, apenas não consigo escrever mais nada bom, só consigo escrever quando estou em momento dificeis de tristeza, coisa que graças a Deus naum acontece ha tempos, mas sempre vou lá e fico lamentando o fato de não ter textos novos para ele, mas estou tentando mudar isso :)
    e obrigado pela visita e comentário ;)

    ResponderExcluir
  5. Tô aqui faz 5 min tentando começar esse comentário.
    Mas pera... tô só orgnizando as idéias!=D

    Bem, lógico que existem tipos e tipos de mulheres. Existem as mais "danadas" que podem realmente mudar por conta de um homem. E mais, acho que elas não devem ser julgadas pelo que faziam no passado (embora que recente esse passado). Isso já ocorreu comigo. Gostei de uma garota q a 'fama' dela não era tão boa. Hj ela não tá comigo e embora muitas pessoas digam que ela continua do mesmo jeito, continuo a respeitá-la como sempre fiz.
    Falo, abraço, beijo e respeito como antes!
    Ela é pra casar? Lógico... E pq não?
    Eu mesmo pensava nisso!

    O que há na verdade, Atre, é um conflito de definições. Concordo contigo qdo vc diz "tá com vontade de dá... então dê"
    Pq homens pode ser assim e a mulherada não??
    Nunca fui muito a favor de dois pesos e duas medidas viu... Sou sensato e justo!
    Sempre disso isso e sustento.

    Esse papinho de apontar e dizer como a mulher se classifica é papinho de cabra machista! Não curto esse lado 'homem' de ser ;)
    Deixo isso tb pra minha vovó, pq querendo ou não foi a criação dela e o jeito de pensar que se fortaleceu durante todos esses anos.
    Não a condeno!

    Acho que deixei meu recado né?!
    Bjão Atrê e valeu o tema!
    (Y)

    ResponderExcluir
  6. Nossa menina, as vezes eu me pergunto. Será que sou Boa moça? hahaha
    Olha adoro um sexo, já transei sim sem compromisso ( no segundo encontro), coisa que até ali julgava que nunca faria (é isso mesmo, caiu na testa) e não me arrependo.
    Adoro também falar de sexo, mas nós mulheres não somos só isso, por mais safadas que mostramos ser (ou somos sem mostrar). Eu mesmo me solto (NOS BLOGS, mas aquilo que faço ou deixo de fazer eu não escancaro tanto aqui fora. Não em roupas minimalistas ou modo de andar, ou em comportamentos vulgares aff.
    Não quero com isso dizer que me porto como uma santa, nada disso. Mas sei me preservar.
    Agora, se homens com quem me relacionei me preservam? Não sei.
    Sou safadinha na hora que estamos pegando fogo, mas também me apego fácil e cuido de quem amo.
    (Isso não é propaganda, juro)
    Se falei tanto foi pra dizer que não se pode julgar uma pessoa (homem ou mulher) por poucas atitudes. De sexo quem não gosta?
    Isso não te muda em relação a ser ou não uma pessoa que vale a pena.Por mais que gostamos, não respiramos sexo... Temos muito a oferecer.
    Ai menina melhor parar porque esse tema rende assunto demais.
    Adorei o post. Como adoro tudo aqui. Grande beijo e tem selinhos te esperando em meu blog tá?
    Beijão

    ResponderExcluir
  7. Oi Atrê,
    Resolvi te visitar e adorei o seu texto, aliás, seus textos. Mas, esse eu quis comentar. Então vamos lá...
    Eu acho q tenho cara de menia boa, de safada mesmo, viu? kkkk... Pq por mais quietinha q eu queira ser minha cara de safada me entrega. E nesse caso como diria minha avó, é melhor vc ser e não parecer do q vc parecer e não ser. kkk
    Bom, como eu já sei disso(o q é um fato) eu sempre procurei me segurar, não p dá uma de santa, mas pq as vezes eu não estava a fim mesmo (o cara não me dava tesão de primeira) outras só de ruim mesmo...kkk...pq adorava vê os caras achando q iam me "pegar" de primeira e depois sairem chuapndo o dedo. Mas isso nunca foi uma regra. Porém, por mais q eu ame sexo, pra mim precisa ter uma certa confiança(além de química e tesão, claro!) e eu particularmente, acho q não dá pra ter isso assim de primeira. Por isso prefiro mostrar o pé e esconder a perna(se é q vc me entende) ir dando liga, incendiando primeiro pra depois pegar fogo de vez, ou até eu ter "noção" de quem eu estou levando pra cama. Então, não critico quem vai de primeira, até pq não tem nada a ver, e como ja falaram todo homem(melhor, a maioria) já quer logo de primeira, cabe a mulher decidi se quer dá ou não. E como vc mesma diz: "se quer dá dê" (concordo plenamente) só q aconselho tb q vc procure não criar expectativas do depois. Pq uma coisa é certa: são poucas as mulheres q separam sexo de amor, já os homens parecem q já nascem com isso na cabeça. Então, pra mim o segredo é saber separar sexo de amor pra evitar se decepicionar ou esperar demais em relação a isso.
    Porque pra casar e dá certo, tem q ser com quem vc ame e q ame fazer sexo também. Se não , não dá certo. falo isso por experiência própria. já tranzei por tranzar e já tranzei por amor. Todos dois foram bons, pq aprendi a separar eles quando era preciso. Agora lógico, q qdo vc tem os dois juntos ai é o paraíso!
    Um beijo grande querida! Parabéns pelo blog eu amei!

    ResponderExcluir
  8. tentei colocar meu nome mas como eu não tenho blog, sai so o nome do meu endereço de email, mas sempre comento no PD sou a Delícia tá? vc lembra? kkk beijos querida!

    ResponderExcluir
  9. Bah... machismo ainda é muito forte. Eu acho só que se o cara tem tantos preconceitos com mulher, deve ter com muitas outras coisas e isso não serve pra mim.
    Não sou do tipo que vai pra cama de cara, não consigo nem realizar a situação, mas quem faz está no seu direito e não pode ser julgada por isso.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  10. Ahh Atrê, isso é relativo!
    Por exemplo sou uma BOA moça que intimamente se revela uma moça BOA!
    rs rs rs
    Mas isso de escolher, é preconceito e machismo puro!
    Bjs...

    ResponderExcluir
  11. Pô... a gente voltou aos anos 60 e eu não sabia?
    Deve estar completamente alienado. Jurava que coisas assim já estavam pra lá de superadas.
    Mas posso afirmar o seguinte: se eu casar novamente não vai ser com uma freira pudica...rsrs

    ResponderExcluir
  12. e é por essas e outras que tem homem que toma uns belos cornos e depois fica se lamentando...
    de boas moças e boas intenções o inferno está cheio. Todo mundo tem um potencial incomensurável de safadeza dentro de si...
    Criei um Blog para discutir assuntos relevantes relacionados ao sexo. Está engatinhando ainda... conto com sua participação por lá.
    O endereço é: http://biografiashorizontais.blogspot.com/
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  13. Ahh, Atrê... Esse assunto rende muito pano pra manga (como dizia minha saudosa avó).
    Essa nossa cultura machista nunca vai mudar. O quer é uma pena.
    São poucos os caras que conseguem entender (e aceitar) que mulher também sente tesão de imediato, assim como eles. E quando rola uma química que faça a calcinha molhar, por que ñ dar??
    Enfim, é como discutir quem nasceu primeiro: o ovo ou a galinha?!!
    Eu sou da opinião de que se tem tesão, tá com vontade, vá em frente. Trepe, transe e goze. Fique satisfeita, e satisfaça. Se algo rolar além disso, é lucro. Se não rolar, passar bem.
    Se o lance é puro tesão, e for recíproco, tem que aproveitar. O que não dá é pra banazilar. Aí já são outros quinhentos. Outro assunto, que também rende muita divergência.
    E eu, sou as duas em uma. Boa moça, prendanda e moça boa, de cama. Não dei pro meu marido no primeiro encontro que tivemos pois não houve como escapar. Nos conhecemos com um 'bonde' de pessoas juntas. Mas no segundo encontro, o primeiro de nós 2 sozinhos, aí ele ñ escapou. E nem eu!
    Ficamos assim, saindo, por longos 7 meses. Começamos namorar, e 8 meses depois estávamos noivos. Daí pro casório foram mais uns anos.

    Bjooos!

    ResponderExcluir
  14. Para mim mulher é prá casar e para fazer amor, se eu caso vou fazer amor com minha mulher, se quero transar e não quero compromisso para que eu vou casar?

    Bjs

    ResponderExcluir
  15. coitados dos caras que querem dividir casamento de uma boa trepada...

    nada como aprimorar, aperfeiçoar, provar, experimentar a evolução sexual com quem vc acorda e dorme todos os dias...

    isso sim é parceria, é cumplicidade.

    como ser cúmplice de uma pessoa que vc tem medo de revelar seus desejos sexuais, [que dirá as outras coisas]?


    amo teu blog!
    bjão da fê =D

    ResponderExcluir
  16. Eu n penso assim.. ja tive namorada em q transamos no primeiro encontro e n pensei nda sobre ela num sentido depreciativo por causa disso.. Isso eh um pensamento completamente machista.. e oq mais me deixa puto eh o q vc falou.. "quanto mulheres (que aliás costumam ser TÃO ou mais preconceituosas com o comportamento sexual de outras mulheres do que os homens)"

    ResponderExcluir
  17. Oi Atrê,

    Fim do mundo essa divisão das mulheres segundo critérios de ordem sexual!!!! Protesto, protesto. É muito machismo. Tô fora de homens que ainda vivem na Idade Média e pensam desse jeito.

    Beijão,

    Bela - A Divorciada

    ResponderExcluir
  18. Pois é ....
    depende da expectativa de quem dá ou de quem tá recebendo, rsrs
    tudo é uma questão do que se pretende, ou seja, aja conforme seus objetivos e desejos.

    e tem mais, esses caras que pensam assim, a maioria (não genralizando) são uns machistas babacas.

    prontofalei!
    rs

    bjs Atre!
    :-)

    ResponderExcluir
  19. Acho engraçado comentários como esse da 3 X 30 (alias, muito legal o blog dela). As mulheres reclamam dos Ogros, mas quando tem um cara mente aberta, super gentil, gente boa e tal e coisa, dizem que o cara não tem pegada. Vai entender.!!

    []s
    O Carioca

    ResponderExcluir
  20. Capotta20/5/09

    Casei com essa ideia.
    Meninas transem ou trepem ou sei lá o que e que que se dane os homens que pensam merda...

    ResponderExcluir
  21. Se pensas assim vc está fudido! Se vc tem um mulher q trepa bem (a só pra trepar) case com ela. Se a mulherzinha for boa pra casar, prendada, coisa e tal...vc logo logo ira atras da outra!
    Beijosss do LEO

    ResponderExcluir
  22. Parabéns pelo tema e pela explicação.
    Um assunto com muito que se lhe diga.
    Gostei dos comentários também.

    ResponderExcluir
  23. Olha Atrê, eu sinceramente não tenho essa nóia e nem diferencio as mulheres como para casar e para transar.

    Pra mim todas as mulheres são para casar, bastando apenas que ela encontre alguém que a aceite da forma como ela é!

    Eu já tive relacionamentos com mulheres que foram pra cama comigo no primeiro encontro e nem por isso deixamos de nos ver e nem a taxei de puta ou vagabunda.

    Assim como nós homens temos desejos e sentimos tesão por determinada mulher na hora do amasso, a mulher também tem o direito de sentir isso e sente.

    O problema é que a sociedade masculina - infelizmente - ainda é muito machista e não aceitam que as mulheres podem ter vontades prórprias..

    Beijão moça e fica na paz!

    Boa semana pra você!

    E deixe de ciúmes que eu estou sempre por aqui heeheeheh....

    ResponderExcluir
  24. A raíz desse pensamento no Brasil está na cultura religiosa católica, quando na colonização a Igreja pregava que sexo só deveria servir à procriação, prazer seria pecado. Daí o homem procriava com a mulher e buscava prazer com a prostituta. Os tempos evoluíram mas a mentalidade demora para mudar em mentes mal esclarecidas culturalmente ou criadas em tradições conservadoras [geralmente no interior onde mulheres divorciadas por exemplo são vistas como 'putas' e não se pretende novos casamentos com estas]. Em vários países da Europa (França, Alemanha e etc.) e nos EUA, a separação sexo casual e amor pra relacionamento sério existe, mas não há esses estigmas. Vc faz sexo casual e mais tarde pode se amarrar em alguém porque assim decidiu e ninguém vai ficar te apontando na rua. Outra cabeça, outra formação cultural. Outra forma de aprender a lidar com a complicada relação de gênero.

    ResponderExcluir
  25. Wagner Sales...

    'falando no meu blog, não eh que eu desisti dele, apenas não consigo escrever mais nada bom, só consigo escrever quando estou em momento dificeis de tristeza, coisa que graças a Deus naum acontece ha tempos"

    tá...meio 'doido' isso...rs.....
    MAS fico feliz então que vc NÃO anda postando nada no seu blog.
    Droga...agora vou ser obrigada a torcer pra vc NÃO escrever tão cedo!

    Hummmmmm....será que pra comentar, vc também tem que estar triste?

    Se pra comentar vc não precisar ficar triste, saiba que vai ter sempre um post no meu blog esperando por vc, viu?

    ResponderExcluir
  26. Eu gosto de mulher safada e sem frescura pra que perder tempo se todos querem a mesma coisa. Não existe essa distinção de mulher pra casar e pra transa todas acabam por fazer as duas coisas não é mesmo. não importa a ordem dos fatores a soma é sempre a mesma. Penso que precisamos de uma discussão mais aprofundada sobre o que é traição, quais são os seus limites. Pessoalmente acredito que traição seja enganar e iludir. Transar com outra pessoa é tesão e se for de comum acordo qual o problema??

    ResponderExcluir

O blog é livre pra você comentar e se expressar sobre seus desejos, dúvidas,curiosidades. Só lembrando que comentários estimulando preconceitos ou contra a lei, como pedofilia, NÃO PODE! Expõe você como um idiota e pode dar problemas pra blogueira, mesmo está não concordando com você.

Se quiser conversar, mandar material ou fazer sugestões ao blog: conversaatrevida@gmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...