Páginas

26 de abr de 2009

15 Movimento Blog Voluntário | Não deixe o seu ser o próximo blog abandonado da blogosfera

Esta postagem faz parte do ‘Movimento Blog Voluntário’ e é dirigida principalmente aos que estão se iniciando na blogosfera.

Mas não é só um post voluntário, é também um post comunitário, por isso, peço a sua parceria nele.

Se você tiver dicas pra dar, experiências pra dividir, dúvidas pra expor, seja parceiro desse post lá nos comentários.


Um belo dia a gente finalmente resolve deixar de ser só visitante e assume que também deseja ser blogueiro e aí começa a nossa jornada pra tentar descobrir como construir um blog.

Primeira coisa é saber sobre o que queremos escrever, até porque essa informação vai servir de guia para todo resto.
Depois de esquentar a cabeça tentando fazer a melhor escolha entre as muitas plataformas que possibilitam você a ter um, ao entrar você percebe que a ‘casa’ é boa, mas não tem a ‘sua cara’.
Aí surgem as dúvidas normais a todo mundo: Onde encontrar um template que tenha a ‘nossa’ cara?
Uma, duas ou três colunas?
Posts inteiros ou com ‘leia mais’?
E talvez o mais difícil, o tapete de entrada do blog, o cabeçalho.
Será que o título ta bom? Qual cor usar? Coloco foto?
Depois você procura daqui, busca dali e descobre que buscadores como o Google ajudam na tarefa de deixar o blog com o seu jeito com as inúmeras dicas e códigos que vão deixá-lo mais colorido, repleto de imagens e gadgets legais.
Sem contar nos inúmeros templates, muitos grátis, que você encontra para download.
Nessa busca vai descobrir que a tarefa de deixar o blog do jeito que você deseja pode ser mais simples ou bem difícil dependendo da plataforma que você escolher. Algumas, como o Blogger, tem fácil acesso ao HTML; você vai poder mudar ou adicionar coisas de forma bem simples, já plataformas como o Wordpress requerem mais conhecimento e paciência pra realizar mudanças....Mas tem tantos plugins TÃO legais de serem usados.

Você decidi por um, deixa ‘mais ou menos’ do jeito que você queria (normal você ficar tentado a sempre mudar alguma coisa no blog).
Aí você faz o primeiro post... E se não for alguém com uma lista de amigos ‘off blog’ enorme, vai perceber rapidinho que nem sempre uma ‘bela casa’ desperta interesse nos outros, até porque a blogsfera é praticamente um condomínio com um número incontável de blogs e todos eles esperando receber visitas.
Lembre de ser simpático, visite os outros, MAS pelo amor de Deus, FALE algo mais do que o só ‘adorei seu blog’ ou ‘vamos trocar links’.
Mas mesmo você opinando sobre os assuntos, muitas vezes ninguém vai te visitar... Nem mesmo o dono do blog que você tanto freqüenta e comenta.
E então você corre a procura os blogs que dão inúmeras dicas de ‘como aumentar seu número de visitas’, ‘como chamar a atenção para o seu blog’, ‘como estimular as pessoas a comentarem’ (e vai perceber que muitos dos blogs que dão esse tipo de dicas também estão ‘as moscas’).
E, claro, coloca um contador de visitas pra saber se ninguém entra no seu blog ou se só os ‘tímidos, os apressados e os de dedos ‘mudos’ (ah, e os mal educados) passam por ele (tudo bem também você ficar bravo, entre parênteses,claro, com a turma que te ignora....rs)
E normal também você ficar deprimido a cada vez que postar algo que você acha que é SUPER interessante, mas seu post não interessar mais ninguém e ir ficando mais deprimido quando entrar em blogs onde as pessoas comentam MUITO e você não vê nada de TÃO interessante lá.
Verdade é que talvez o seu post não seja assim tão ‘super’ ou os posts dos outros blogs não sejam assim tão sem graça.
Acredite, não existe uma receita para seu blog ‘bombar’, mas tem uma receita pra você não desanimar e abandonar algo que você curte muito (porque se é blogueiro só pra ‘zoar’ então se o seu blog sumir, NEM você vai se importar mesmo).
Fale sobre coisas que VOCÊ gosta ou acredita.
Fale sobre sexo, bichos, poemas, receitas, seu regime, sonhos, chateações... Qualquer uma dessas coisas ou muitas outras podem interessar muita gente ou não interessar ninguém, mas se você escrever sobre as coisas que acredita ou gosta elas vão te dar forças pra continuar escrevendo, buscando imagens que ‘casem’ bem com seus textos, procurando assuntos que te despertem a vontade de expor suas idéias.
E não se engane, um bom post da trabalho, mesmo que não renda elogios.
Muitas vezes requer pesquisa pra você não falar ‘bobagem’ sobre algo sério e mesmo se for um post ‘apenas sobre algo que você quer comentar’, ainda assim requer ser escrito, reescrito, lido mais uma vez (e verificar a ortografia antes de postar é uma BOA idéia).

Enfim, esse não é um texto de ‘como ser blogueiro’, é mais um desejo de que não haja tantos blogs abandonados.
Eu já tive na lista de links alguns bons blogs cujos blogueiros cansaram de ‘falar sozinhos’, como me disseram.
O Conversa Atrevida mesmo já foi um blog que correu o risco de ser mais um blog abandonado na blogosfera e hoje já tem até domínio próprio, está apenas esperando a ‘nova casa’ ficar pronta.
Mas é verdade, algumas vezes entrei nele e pensei em não voltar mais.
Muitas vezes eu me sentia mantendo um ‘monólogo’ e não uma conversa, mas aprendi que, se não há fórmula pra fazer os outros terem interesse em nos ler e muito menos em comentar sobre o que falamos, um blog precisa de que pelo menos o dono dele acredite nele. Se nós desistimos do nosso blog porque os outros não se interessam por ele, vai ver que no fundo ele é desinteressante mesmo já que nem quem escreve ali se interessa a continuar mostrando que ele é bom.
E acredite, no fim não tem um número de visitantes ou comentários que te faça feliz. Quando você alcança a média de 5 é a felicidade, quando alcança 15 é o céu, ao passar de 20 dá um aperto no peito... E depois disso, quanto mais tiver, mas vai querer. É quase um ciclo vicioso.....rs
Confuso isso?
Talvez... Assim como a blogosfera.
Que a gente ADORA!

Então se você está se iniciando nesse mundo de blogueiros, relaxa. Eu ainda espero ver meu blog crescer. Se você não desistir, com certeza a gente ainda vai trocar muita informações e links na blogosfera.

*****

Blog Voluntário


15 comentários:

  1. Acabei de criar meu blog, e amei esse post, me ajudou bastante, ainda estou meio perdidinha la, mas aos poucos vou aprendendo... Na verdade, na verdade, não tenho muita pretenção e interesse que ele "bombe", sempre fiz diários desde a adolescência, coletâneas das coisas que gosto e admiro, ele é mais um. Seu post me ajudou a fazer-lo ficar mais bonitinho rsss.

    Bjs
    Lindinha q sempre vejo comentando por aí...

    Mahria

    ResponderExcluir
  2. Que erros que nada Atre, mega divertido e estimulante como sempre.
    Confesso que quando comecei tive duas pessoas especiais que me incentivaram e sempre fizeram questão de me dá apoio.
    Não comecei do zero... mas do dois! =D
    Daí em diante só fiz conquistar mais amigos que muitas vezes nem faço tanta questão q apareçam, quero apenas que saibam que estou aqui e os visito.
    Agora... essa parada do POSTAR E SE FRUSTAR PQ NINGUÉM APARECE, isso é verdade!
    Ficamos até tristonhos né?
    Enfim...
    Beijocas !

    ResponderExcluir
  3. Pois é querida Atre, o nosso blog por exemplo começou como um diário, uma brincadeira e hj te garanto que se tornou bem mais que isso, principalmente para nós.
    Ainda mais pq nosso blog aborda um assunto tão "proibido" como o swing, a liberdade sexual, não é?
    Mas é bom mesmo ver que o que posto com muito carinho é bem recebido por nossos amigos virtuais.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. anos atraz eu odiava blogs porque justamente sua grande maioria eram paginas de desabafos e chororos pessoais mas agora apareceu blogueiros de qualidade

    ResponderExcluir
  5. Nossa menina se vocÊ passou por isso tudo, então ainda tenho esperança (rs)
    Eu amo meu blog,e os amigos que lá comentam, além de tudo a amizade que se cria nesse meio é bom demais.
    Mas as vezes me sinto abandonada sim sniff, mas não desisto dessa vez não. Já exclui muitos antes.

    Beijos e parabéns pelo domínio próprio

    ResponderExcluir
  6. Owwww! Eu quero meu EMAIL!!! Odeio ficar curioso!!!

    Beijo

    ResponderExcluir
  7. pois é. só sei de uma coisa

    sendo visitado ou não. blog é um vício.

    ResponderExcluir
  8. Vc mandou muito bem amiga!!
    Arrasou!!
    Eu penei no começo e quando estava razoavelmente be, tive que recomeçar tudo de novo, mais mesmo com baixo numero de visitas e comentaris não desisto não!!rs
    bju!!

    ResponderExcluir
  9. Mahria...
    ‘blogar’ é um exercício constante mesmo....
    Mas sabe, quando a gente escreve um diário no papel costuma ser pra gente mesmo... Quando a gente faz isso no virtual acaba abrindo o nosso ‘mundo’, nossas idéias e dúvidas pra uma porção de gente e aí não tem jeito.
    Dificilmente, quando não se tem retorno, vai dando uma certa ‘frustração’, igual quando tentamos conversar no real e o outro não nos dá atenção, sabe?
    Ah, e blog ‘bonitinho’ é bom também.....Eu confesso que tem uns blogs que tem um visual tão maneiro que é difícil não ser mordida pelo vírus da inveja (mas tudo bem, desde que seja sem gordura trans, ok?)..............rs
    Bjo....Deixa chocolate sobre a mesa que eu vou te visitar.
    ****

    Thirujo...
    Normal.
    Eu mesmo já passei pela fase de achar que ‘tudo bem se não comentam’ porque pelo contador de visitas e depois pelo Google analysts eu via que as pessoas entravam no blog.
    No começo isso já deixa a gente feliz, mas não tem jeito com o tempo a gente começa a se questionar se não comentam porque o texto tava ruim ou chato ou qualquer outra coisa assim e fica triste quando vê que fulano comentou em outro blog, mas não no da gente.............rs....ENFIM, sabe aquela história da mulher que se apaixona por homem casado e no começo, pra não perde-lo diz que ‘vai se contentar com o que ele puder lhe dar?
    Mentira! Se ela gostar do cara vai sofrer cada vez que ele voltar pra esposa, que não puder passar o aniversário com ela...
    Se a gente gosta do blog, normal que fiquemos esperando que os outros gostem também né?
    Tanto dos blogs que frequentamos, como do NOSSO, claro!!!

    Bjos....Mesmo vc NÃO tendo trazido presentes da sua viagem pra distribuir pra gente ;)
    ****

    Casal do Arrocha...
    Acho que o maior segredo do carinho que vocês recebem mesmo abordando temas ‘proibidos’ é a maneira como conduzem os posts.
    Falam de uma maneira tão tranqüila que a gente adora conhecer mais de perto o que muitas vezes só ouve falar.
    Eu entro no blog e tenho a sensação de que é algo erótico, não pornográfico (mesmo com fotos ousadas), nas fotos do casal então eu sinto uma coisa de casal mesmo, de família safadinha, claro..., mas ainda assim FOFA........rs

    Bjos pro casal
    ****

    FRX...
    Eu sei bem como é isso, já entrei em alguns assim.
    Acho o problema nem é a questão dos desabafos e ‘chororos’ constantes ou blogs onde as pessoas contam que ‘acordei, tomei banho, não achei minha blusa preferida, minha mãe brigou com meu irmão.....”
    O que torna coisas assim ‘chatas’ é a forma como são escritas.
    Quando ‘abrimos’ coisas da nossa vida que costumam mesmo só interessar a nós, temos que fazer isso com talento pra poder interessar aos outros.
    Tem blogs de diários que fazem do café da manhã uma viagem que a gente embarca junto com prazer.

    Bjos e sorrisos pra vc (afinal se tu não gosta de chororo, vou sorrir pra vc voltar ;)
    ****

    meuladocontido....
    É, eu passei (e ainda passo) por algumas coisas como as citadas no post, mas principalmente vejo elas se repetindo muito na blogosfera...
    Gente que eu conheci quando entrei aqui e que, apesar de terem um blog legal com coisas legais ‘abandonaram a casa’ porque ficaram frustrados porque não tinham retorno...
    TODO MUNDO QUER se sentir ‘amado’, né não?

    Ai,ai...nem te digo que o domínio próprio por enquanto só meu deu frustração. NÃO consigo montar o site do jeito que eu quero...Mas to tentando.

    Bjooooooos
    ****

    Cruela Cruel Veneno da Silva...
    Ah, mas você sabe que você está na ‘sidebar’ do lado que já é MUITO vista né?

    E ‘blogar’ é um vício que tem na sua fórmula o tal ingrediente ‘retorno’ pra continuar nos deixando ‘ligados’.
    Acho que todo mundo que bloga acaba querendo alimentar seu vício com esse ingrediente.

    Confesso que fico feliz que vc tem ajudado a alimentar o meu!
    ****

    Xana....
    Pois é...ter que começar de novo (a não ser quando a gente faz isso porque está mudando de ‘estilo’) não é fácil.
    Eu confesso que já pensei nisso ...Em como vai ser quando eu mudar pro domínio próprio.,,,
    TU VAI JUNTO NÉ??????....................................................

    bjo
    ****

    Felipe...
    tu quer o e-mail?
    Owwww! E eu queria que tu tivesse participado do tema do post :P

    rs

    bitoca
    ***

    Obrigada pela parceria aqui no post.

    (Tá...já que é tema do post, eu confesso que ESPERAVA(e ainda espero) mais comentários....

    Esperar a gente PODE né?............ rs

    ResponderExcluir
  10. Anônimo28/4/09

    a blogosfera pode ser mesmo muito cruel com alguns blogueiros.

    ResponderExcluir
  11. Xiiiiiiiu !
    Quem te disse q eu não trouxe presente pra ti lá de Teresina?
    Lógico q trouxe... uma garrafa de cajuína de primeira ;)
    (Odeio aquela bebida, mas adoro dá de presente para os outros)

    Kiss °

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Meu blog é novinho e gostaria de uma forcinha lá!
    Beijinhos a todos!

    ResponderExcluir
  14. Criei meu Blog ontem, na verdade, na madrugada de ontem pra hoje, com a ajuda de uma 'amiga' pq sou meio lerdo pra essas coisas e como ela já vem me obrigando a ter 'twitter', 'Blig.fm' e essas coisas todas que aparecem, explorei o conhecimento dela.

    Gostei da experiência, na verdade estou meio apaixonado por ele, configurando aos poucos o que acho que deve, aprendendo.

    é um Blog de poesias e como não sou um escritor convencional e minhas poesias não são escritas para fazerem sucesso, não ando muito preocupado com visitantes. Se alguém aparecer, legal, será uma troca, uma experiência, mas por enquanto até que estou gostando de vivenciar algo mais intimista no mundo da publicidade. Pode ser contraditório, mas afinal descobri há algum tempo que nem sempre as coisas precisam fazer sentido! ;)

    Abraços e boas dicas essas daí. Boa sorte, estou acompanhando seu Blog com interesse.

    ResponderExcluir
  15. Tenho dois blogs: Jornal das Ideias e Músicas que Inspiram (este último é novinho em folha!! rs).

    Apareçam!!

    ResponderExcluir

O blog é livre pra você comentar e se expressar sobre seus desejos, dúvidas,curiosidades. Só lembrando que comentários estimulando preconceitos ou contra a lei, como pedofilia, NÃO PODE! Expõe você como um idiota e pode dar problemas pra blogueira, mesmo está não concordando com você.

Se quiser conversar, mandar material ou fazer sugestões ao blog: conversaatrevida@gmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...