Páginas

8 de abr de 2009

20 Apenas mais uma história de AMOR



Amy e David se conheceram numa sala de bate papo virtual.
Fãs do Second Life, em que os internautas são representados por avatares (personagens em 3D), chegaram a realizar uma cerimônia de casamento lá depois de oficializarem a união no mundo real. Nesse mesmo cenário virtual, Amy flagrou seu marido com outras mulheres e como acontece muitas vezes no real, da primeira vez que Amy flagrou o marido transando com uma prostituta acabou perdoando-o.
Mas desconfiada contratou, também no Second Life, um detetive virtual para investigar a traição.
Ah, o marido, como na maioria dos casos reais, não entendeu onde estava o problema, achou que a mulher estava exagerando.
Amy diante do flagrante disse: “Fiquei louca, isso me machucou muito. Não pude acreditar no que ele tinha feito. Isso é traição”, mas acabou perdoando o marido até flagrá-lo no Second Life numa conversa ‘intima’ com outra mulher.
Depois da separação ambos seguiram suas vidas... No virtual, também, claro.
Amy conheceu um cara no jogo on-line World Of Warcraft (ela tem preferido evitar o Second Life pra não reencontrar o avatar do ex-marido), já Pollard namora com uma mulher que conheceu no Second Life .

Eu li sobre essa história no site G1.
Confesso que se eu tivesse lido essa história antes de viver algumas coisas que vivi no virtual provavelmente só acharia que era uma ‘história de doido’, mas quando a gente já passou pela experiência de conhecer alguém só pela internet e sentir por ela admiração, carinho, tesão...Às vezes até amor, continua a achar que ainda é coisa de doido, mas nem por isso menos real do que muitas histórias doidas que acontecem longe do PC.
Talvez o preocupante na história de Amy e Pollard seja o fato de, ao que parece, eles estarem num círculo vicioso, conhecendo, amando, traindo... E tentando de novo no virtual.
Tem muita gente hoje em dia que acaba ‘vivendo escondido’ em mundos onde aparentemente pode e tem tudo; o emprego, a casa, a aparência, a personalidade, a VIDA que sonhava ter e que ‘sente’ viver quando está conectada ao mundo virtual...

Amy e Pollard se conheceram no virtual, se casaram no real, mas pelo visto a parte mais interessante desse casamento acontecia quando estavam conectados online.
Provavelmente só um reflexo do restante das suas vidas.

Mas aqui entre nós:
Quem nunca se ‘mostrou’ mais interessante ou sedutor virtualmente do que acha ser no real que atire o primeiro megabyte!
Só não faça disso um estilo de vida, ok?

20 comentários:

  1. Passando para desejar uma ótima quarta..
    Ainda não estou podendo ler os blogs amigos
    Minha conexão aqui é ruim...mas volto para ler
    Com mais atenção..
    Beijão

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que devo ser uma aberração, pq nunca 'enchi a minha bola virtual'.

    ResponderExcluir
  3. Atrê,

    Isso existe sim. Sabe qual a foda? Existe muita gente picareta. Caí em uma que chego a me sentir o ingênuo! Mas acontece... Como nós estamos aqui, escrevendo, postando, lendo, é bem comum sentir afinidades, acontece que tem lobos apenas esperando uma vítima. A minha opinião é de que existe tanta gente boa e ruim, tanto no real, como no virtual. Ao contrário dos citados no post, não sigo o ciclo de conhecer gente somente no mundo virtual, conheço e namoro também, quando pinta, gente do mundo real. Mas é aquilo, no virtual as pessoas pensam ser pra sempre anonimas. Não são, pela profissão que tenho, te afirmo categoricamente que não são. Enfim, seguimos assim, pedidno sorte para que cruze nossos caminhos somente as pessoas de bem.

    Beijao

    ResponderExcluir
  4. minha vida virtual ando meio atribulada demais, as vezes acho que ta na hora de desacelerar...
    meio que confunde-se o que eh real e palpavel e o que eh so virtual

    ResponderExcluir
  5. Conheci o meu ex-marido no mundo virtual e estou hiper arrependida...
    Beijos prometidos

    ResponderExcluir
  6. Oi Atre,
    por isso que publiquei algumas fotos minhas recentes e sem nenhum melhoramento, pra que ninguém se iluda que vai encontrar em mim um príncipe encantado! Já passei por isso e não tem coisa pior do que ter alguém tentando fazer a gente ser quem a gente não é.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  7. que história, as pessoas fantasiam demais, tanto no virtual como no real. ser autentico é mérito de poucos.
    bjosss...

    ResponderExcluir
  8. Olavo...
    Poxa, que pena que vc não ta podendo ler os posts....
    MAS beijão também é BOM então pode continuar passando pra dar MUITOS que eu ADOOOOORO!!!
    ***
    Andarilho...
    Mas vezes NEM é preciso a gente contar vantagem...As pessoas imaginam MUITO diante do que a gente escreve.....rs
    ***
    Felipe...
    Verdade, pro bem e pro mal basta a gente dar espaço pra se aproximarem e se conectarem em nós.
    E como vc disse...Acontece.
    Quase todo mundo no virtual já passou por isso.
    ***
    lascividade..
    Eu já passei por fases assim, o virtual parecia TÃO real que eu sentia o gosto...o cheiro...E o real andando TÃO sem graça que parecia um blog insosso...Daqueles que a gente entre e diz pra ser simpático ‘legal seu blog’...
    ***
    DESIRE...
    NEM vou pedir detalhes...MAS vou ficar imaginando, claro......rs
    ***
    Gentil...
    Aaahhhhhhhhhhhh mas vc É um príncipe.
    Tem alguém que corrija o português da gente de forma mais NOBRE do que vc faz?
    ***
    Nanda...
    Pois é...fantasiar não é mérito só do mundo virtual.
    Problema é que em muitos casos, mesmo quem é autêntico corre o risco de encontrar alguém que ‘viaja’ nas próprias suposições...
    Aliás, supor algo sobre alguém é quase sempre um erro ENORME que a gente faz...MAS repete quaaaaaaase sempre, né não?....rs
    ***

    Beijos virtuais com carinho real pra todos os parceiros de post

    ResponderExcluir
  9. Olha, posso ser caretinha, mas não consigo deixar de achar essa história muito louca!
    Eu já tive amores virtuais que se tornaram reais, mas eu acho que aí o buraco é mais embaixo e aquela linha limite às vezes é tão tênue.Quando é a hora de parar? Quando vivemos mais o virtual do que o real? Enfim, parando de filosofar, esses caras são feios bagaraí...nesse caso é melhor o avatar mesmo! afff

    ResponderExcluir
  10. as vezes o amor vem de onde a gente menos espera

    ResponderExcluir
  11. Posso estar totalmente enganado, mas a Internet possibilita pseudo sensação de maturidade que de fato não existe em algumas pessoas. Sou um tanto resistente a essa divisão da vida real com a virtual. Se fulano tem determinadas posturas de caráter elas surgirão sempre independente do lugar em que ele estiver. No entanto, é lógico haver na comunicação virtual possibilidade inteiras de estabelecer camuflagens. Mas aqui na Internet não somos mais do que aquilo que somos fora dela. Se o Zé é doido por mulher na Internet fora dela também é.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  12. Eu conheci um ex namorado através da net. Durou pouco, mas não usei de mentiras não, e correspondemos a expectativas um do outro.
    Durou cinco meses acabou sem mais nem menos, mas foi bom enquanto estivemos juntos.
    Confesso que a net me deixa,digamos, mais safada que pessoalmente (rs).

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. O virtual é saudável até o momento que não interfira no real;
    Qto às amizades, assim como na vida real, temos que selecionar, ver o que vale a pena, não acredito que uma pessoa finja o tempo todo o que não é, uma hora a ficha cai e percebemos.


    Feliz Páscoa, que a fé e o amor se renovem em seu coração, trazendo muita alegria para tua vida.

    ResponderExcluir
  14. hey gata que história é esta de que eu te coloquei no paredão (como voce escreveu no blog da Nanda) foi voce quem parou de frequentar meu blog e se voce reparar, voce ainda esta nos favoritos, para com isto gata, ce sabe que eu te adoro e se a gente discutiu, faz parte, eu infelizmente sou assim, discuto, mas na hora passa, bju grande e feliz pascoa

    usando um pouco de duplo sentido que eu nem gosto né

    DESCULPA SE FUI MEIO CABEÇUDO E TE FERI POR DENTRO, DESCULPA MINHA GROSSURA VAI hehehehh bjus

    ResponderExcluir
  15. Ola!! Passei para dizer FELIZ PÁSCOA!!!

    ResponderExcluir
  16. Atre minha flor!
    Sempre tão carinhosa...
    Vc foi lá no meu mundão e eskeceu de ler o POST anterior... tem algo pra ti tá?
    .
    caso vc não queira preencher, quero que pelo menos me deixe sabendo q leu.. ok?
    .
    Aquele beijinho e vou ler seu POST.
    *Thirujo*

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  18. "que atire o primeiro megabyte" foi FODÁSTICO.
    Ah Atrê, isso tem se tornado a coisa mais natural do planeta.
    Dia após dia estamos vendo por todo lado os crimes, os problemas e até os 'causos' q acontecem no mundo virtual.
    .
    O interessante é perceber que "amor, carinho e tesão" na net tornam-se cada vez mais naturais a medida que vc se vicia no seu reduto ON LINE e esquece que existe um mundo real. A partir do momento que vc sabe diferenciar (ou até pôr limite) e passa a conciliar esse duelo da vida versus a máquina, as coisas não ficam dessa forma.
    Beeem, assim penso eu!
    Beijocas Atrêvidas! =P
    .

    ResponderExcluir
  19. Atrê, como você mesma disse: "Quem irá dizer que existe razão nas coisas feitas pelo coração?"

    Confesso a você que, já vivi boas e gostosas experiências com relacionamentos virtuais que viraram reais e duraram bons tempos.

    Hoje em dia, toda forma de amar vale a pena. Exceto, as que agridem ou ferem o nosso ser.

    ;)

    ResponderExcluir
  20. Quem nunca se apaixonou por uma pessoa que conheceu pela internet? Eu já.

    Não digo que é impossivel. Mas vejo que hoje é mais complicado de acontecer comigo. Mas com a loucura que é a vida das pessoas hoje em dia.. é inevitavel que aconteça.. ainda mais pq passamos mais tempo na frente de aparelho eletronicos que muitas vezes conversando com pessoas frente a frente.

    ResponderExcluir

O blog é livre pra você comentar e se expressar sobre seus desejos, dúvidas,curiosidades. Só lembrando que comentários estimulando preconceitos ou contra a lei, como pedofilia, NÃO PODE! Expõe você como um idiota e pode dar problemas pra blogueira, mesmo está não concordando com você.

Se quiser conversar, mandar material ou fazer sugestões ao blog: conversaatrevida@gmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...