Páginas

20 de mar de 2009

19 Por que nossas Zonas Úmidas não podem ser como a mata Atlântica?

Lendo a revista Época me deparei com uma entrevista muito interessante com Charlotte Roche.
Você não sabe quem é?
Charlotte Roche é uma escritora alemã que lançou um livro que já vendeu mais de um milhão de exemplares - nesse momento a turma que se pudesse usava uma camiseta com os dizeres ‘EU ODEIO LER’ já vai pensando em procurar outro blog, mas STOP!
Antes de você ir procurar um blog cheio de figuras sacan...OPS...interessantes, saiba que o livro de Charlotte, Zonas úmidas , também é sacana.
Ficou interessado?

Já no início a entrevista mostra que o livro promete:
ÉPOCA – O que a levou a escrever sobre “zonas úmidas”?
Charlotte Roche– Eu queria escrever um livro bem honesto sobre o corpo feminino. E foi muito divertido pensar em todos os tabus que envolvem as mulheres: em relação à higiene, a ser sexy e ter um corpo sem pelos. Por isso, criei uma mulher doente, com hemorróidas. O corpo dela dói, ela vai ao banheiro, menstrua, se masturba. Isso dá uma dimensão mais humana ao corpo feminino.
Se você for ao site da revista Época, vai poder ler a entrevista completa, ao final há um link onde vai poder ler o primeiro capítulo do livro.
Na entrevista Charlotte fala sobre a os odores femininos e a eliminação dos pêlos. Comenta que “com frequência, as mulheres não têm mais nenhum pelo pubiano. Ao redor da vagina, todos os pelos se foram. Ficam parecendo bebês, menininhas. E não mulheres de verdade. Se há uma única mulher que não se raspa, então as outras ficam loucas, porque ela está abrindo mão dessa mania.”
VERDADE e cada vez mais as mulheres raspam tudo, independente de saberem que os pêlos pubianos têm a função de proteger o órgão genital, por isso sua grande concentração em cima da vulva e ao seu redor.
Os caras que gostam das garotas assim, dizem que é mais agradável pra praticar o sexo oral, MAS me parece que tem mesmo uma coisa de preferirem a vulva mais delicada, lembrando algo novo, jovem, enfim, coisas do imaginário masculino.
No final da entrevista a revista pergunta:
ÉPOCA – O que sabe sobre o Brasil?
Charlotte – Conheço uma coisa negativa do Brasil, a depilação completa – famosa aqui na Alemanha. É uma moda recente. Os pelos são totalmente eliminados. Você deita numa posição ginecológica, eles colocam a cera e arrancam tudo.

Ao ler isso me lembrei de um post no ‘Calcinhas no Box’ que foi uma das coisas mais engraçadas que eu já li. Engraçado e dolorosamente real pra quem já passou pela experiência.
O texto conta as aventuras (e desventuras) de uma mulher que se rende a pressão das amigas pra fazer a tal ‘depilação a brasileira’(você sabia que tem lugar querendo proibir a tal depilação?)
O texto termina assim ‘...eu estava com sede de vingança. Admito que o resultado é bonito, lisinho, sedoso. Mas doía e incomodava demais. Queria matar minhas amigas. Queria virar feminista, morrer peluda, protestar contra isso. Queria fazer passeatas, criar uma lei antidepilação cavada. Criar o domínio... www.bucetascabeludas.com.br”
Eu confesso que já desejei a mesma coisa e provavelmente toda mulher que já se rendeu a experimentar a tal depilação completa já ficou tentada a entrar pro movimento das ‘bucetascabeludas’ e se os homens lerem o texto e não forem insensíveis ao sofrimento alheio, vão dar força ao movimento ‘SOS Mata Atlântica Pubiana” (embora eu ache que a solidariedade da maioria dos moços vá durar até a moça abaixar a calcinha e ele der de cara com a mata atlântica à frente dele, a não ser que ele tenha espírito de desbravador, claro).

19 comentários:

  1. Parabens pelo dia do blogueiro..
    Tem selo para vc lá no blog
    Beijão

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que não precisa depilação completa, pra mim basta manter um pouco aparado, com tesourinha mesmo.

    Mas mata atlântica não dá...

    ResponderExcluir
  3. Atrê, imagino o quanto deve ser o sofrimento das mulheres que aderem à depilação definitiva.

    Mas, também não tenho espírito de desbravador para encarar uma mata atlântica. Acho que a mulher deve pelo menos dar uma aparada nos pelos pubianos deixando baixinho e bonito claro.

    Lisinha é legal sim pois, na hora do oral não fica os pelos incomodando. Mas, aparadinha também é legal. ;)

    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Júlio20/3/09

    Atrê, Delicia!
    Lisinha ou cabeluda?
    nem uma nem outra, gosto do bom e velho bigodinho do hitler. Mata atlantica é foda, vc tem que assoprar pra poder achar a buceta e depois parece que vc tá chupando uma manga, com aqueles fiapos que sempre ficam no dente... e o desespero de ter um pentelho na garganta? é igual espinha de peixe, não adianta pigarrear, tossir, cuspir, beber agua, só sai mesmo com miolo de pão!!!
    Parabéns pelo seu dia, se soubesse antes teria te mandado um presente, como fui pego de surpresa, te mando apenas um caixinha de chocolate.
    Parabens!
    http://i36.photobucket.com/albums/e10/Red29/sexy27.gif?t=1237558392

    ResponderExcluir
  5. haha muito bom esse post, eu sinceramente ja me acostumei com a depilação completa, comecei para ceder a caprichos masculinos mais depois comecei a fazer por vaidade, mais quem considera isso uma tortura, algo muito doloros e massante nao deve encarar mesmo, sou contra quem quer se sentir bonita ou fazer algo por capricho as custas do proprio bem estar...
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Não tenho nenhum problema com este assunto, ao contrário, adoro uma buceta peluda, mas que fique claro que isso não quer dizer, em nenhuma hipótese, que eu não goste das lisinhas, aproveito as duas igualmente, com muito prazer.

    ResponderExcluir
  7. Sou a favor da depilação, a aparência é bem mais agradável, adoro o resultado. Mas tenho minhas condições para fazer uma completa: 1. Não ser eu a pagar pela depilação. Não vou gastar meu suado dinheiro com tortura. 2. O cara também tem que fazer também. Se não, para que eu fiz, se vai ter pêlos no meio de qualquer jeito.

    ResponderExcluir
  8. Nao curto mulheres totalmete depiladas... acho que fica adolescente! sei lá! Os pêlos me excitam... nao aquela mata imensa né? Mas tem que ter...

    Ah, to te dando também!
    Feliz dia do bloqueiro

    ResponderExcluir
  9. Assim....
    Eu não gosto da minha toda pelada. Em cima do ‘monte de vênus’ eu gosto de pêlos aparados, mas presentes.
    E também não gosto de pau de homem todo depilado...gosto de pau cuidado.
    Então depilar onde precisa e aparar onde necessário.
    Alias, tava pensando nessa questão de pêlos...
    Pêlo no corpo é natural nos dois sexos, mas sei lá porque acabou virando sinônimo de relaxo no caso das mulheres.
    Já nos homens muita gente acha que pau lisinho é coisa de ‘gay’, que os pêlos dão um ar mais ‘macho’.
    Então fico pensando...
    A grande maioria dos homens fica meio ‘estranho’ com qualquer coisa que possa parecer que ele curte algo masculino...Então será que esse sofrimento todo que a gente passa é só pra não deixá-los inseguros da sua masculinidade na hora do sexo por estarem roçando em pêlos e gostando?
    Eu sei que tem mulher que gosta de sofrer...OPS...de se depilar.
    Mas as que preferem ficar lisinhas, normalmente dizem que se sentem mais ‘bonitas’, mais ‘femininas”...
    E as que não gostam dos caras depilados dizem que preferem um visual mais ‘masculino’.
    Então...se pêlos lembram ‘machos’...Mulher sofre mesmo é pra que o parceiro não sinta que está trepando com um?
    Eu sei...às vezes ‘viajo’.
    Mas é uma possibilidade, né não?.......rs

    ResponderExcluir
  10. Cabeludo?
    Não.. tow fora!
    Continuo na txurma a favor das xoxotas 'lisinhas'... {MARA}
    hehehe²
    .
    Vcs tb preferem homens sem pelos lá no 'negoço'... ahhhh, fala sério!
    Duvido que vcs querem homens com mei mundo de cabelo.
    du-vi-do '
    =D
    Tá dito.

    *Thirujo*

    ResponderExcluir
  11. ahahah...adorei o post! Eu, antes de mais nada sou pela preservação ambiental...felizmente, no tocante a mata pubiana, como o seu desmatamento não irreversível, por vezes dá para arriscar uma desertificação ou uma poda (disse poda, ok...) mas que não afete o clima... (h)umido e ardente!!! ihihih...Beijinho da aguinha e aparece lá no blog para dar o teu contributo... Que o prometido é devido!!

    ResponderExcluir
  12. Então...se pêlos lembram ‘machos’...Mulher sofre mesmo é pra que o parceiro não sinta que está trepando com um?

    Concordo, e pelo sexo oral também né? Como o Júlio disse lá acima, deve ser mesmo desagradavel muito pelo na hora de fazer um oral.

    Beijo

    ResponderExcluir
  13. Ai Atrê!
    Eu sou totalmente adepta da depilação total, e não é pela opnião masculina, é que eu adoro muito ela assim, sem nada.
    Tu precisas conhecer a minha depiladora, a Mari! Dói quase nada!! Prefiro depilar a virilha do que tirar sobrancelha...rsrsrs

    Bjinhos

    P.S: obrigada pelo carinho lá no PD, tu és um dolce de menina! rs

    ResponderExcluir
  14. Já li, vi e ouvi sem número de depoimentos em defesa dos pelo pubianos que trazem algumas importâncias básicas para nascerem onde nascem. E já até fiquei sabendo que o próprio cheiro é importante porque ele funciona como estímulo sexual para o masculino. O fato é que para mim esta tal de depilação completa está muito mais para uma estratégia comercial que rende lá o seu lucro do que para qualquer outra razão que seja de fato sensata. E já existe um movimento para que o hábito seja estendido à tal da depilação masculina. Bobagem que gera bobagem.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  15. Oi Atrê,

    Legal esse post, mas a questão, pelo menos pra mim, não chega a acirrar paixões. Pentelhos são uma coisa natural, não os associo a falta de higiene ou coisa que valha. A Lisinha é boa e a peludinha também. O bom mesmo é variar, brincar, curtir e aproveitar todas as formas e sabores disponíveis.

    Beijos muitos e mais outros tantos.

    ResponderExcluir
  16. @Atre: Também gosto da sua assim com pelos presentes no monte de venus.
    heheheheh...brincadeira...

    Convenhamos, buceta é buceta...só precisa ter labios, grelo e não ter fundo...o resto é acessório.

    Mesmo assim, prefiro o estilo moicano cavado do que toda peladinha. Toda pelada me lembra de criança e não curto pedofilia.

    Quanto ao pau, acho e mantenho o meu assim: Bolas e virilhas lisas...aparados sobre a tromba. Pau já é um troço estéticamente, mau cuidado então.

    Acho que o grande barato da depilação tem mais a ver com jardinagem do que com sexo em si. Aquela genitália com pinta de gramado de campo de golf sempre dará uma primeira melhor impressão do que aquela parecendo um terreno baldio de onde, a qualquer momento pode sair um par de maconheiros muito doidos.

    Quanto à funcionalidade, eu só aparava até que depilei uma porção um dia. Afora dona patroa mais à vontade abocanhando as bolas, a sensação é bem diferente, fica mais sensível. só experimentando pra ter noção.

    []s
    O Carioca

    ResponderExcluir
  17. Anônimo23/3/09

    À tempos que esse assunto de depilar ou não depilar esta nos blogs,no sexpedia,no Bluno Mazeo,noPD etc. Dai perguntei à uma amiga que PHD em depilação,pois e dona de um salão,porque as mulheres se depilam,resultado a maioria respondeu q nos dia da menstruação ficava mais linpinha e facil de cuidar,umas que ficavam mais censivel e estimulava mais na hora da transa,e por fin atendendo a pedido do companheiro, note que a pedido ficou bem p/ tras... Birão

    ResponderExcluir

O blog é livre pra você comentar e se expressar sobre seus desejos, dúvidas,curiosidades. Só lembrando que comentários estimulando preconceitos ou contra a lei, como pedofilia, NÃO PODE! Expõe você como um idiota e pode dar problemas pra blogueira, mesmo está não concordando com você.

Se quiser conversar, mandar material ou fazer sugestões ao blog: conversaatrevida@gmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...