Páginas

29 de abr de 2011

7 A importância do casamento do príncipe William e Kate na vida da gente



Tem gente que anda numa revolta só por causa do tanto que se fala, em 99% dos programas nos vários canais de TV,  sobre o casamento do principe William com a plebéia Kate que (para alivio de muitos) acontece nesta sexta-feira, 29, bem cedo (acho que às 7h aqui no Brasil, em Londres às 11hrs e, segundo se comenta, sem atraso como é tradicional nos casamentos normais que a gente costuma ir).

Bom, se você é da turma que acha esse 'oba-oba' em torno do casamento real um desperdício, uma falta do que fazer, um absurdo -  afinal tanta desgraça e assunto sério acontecendo no mundo- relaxa. E aproveita.

Pensa que ruim mesmo é quando a gente vê o mesmo tempo sendo gasto porque aconteceram tragédias como tsunamis, enchentes, desespero, crianças largadas no lixo, marido mantendo mulher refém, gente entrando em escola armado e matando crianças...

Pensa nisso como um 'intervalo' necessário a nossa sanidade. Sabe aquele cafezinho que você toma durante o trabalho para aguentar o restante do dia? Então. O casamento real é o nosso cafezinho para respirar diante de tantas barbáries que acontecem, e claro, a gente observa, tenta e nem sempre entende, debate e se solidariza com os que sofrem...  

A vida também é sonho. E quase todos nós crescemos cercados por histórias de príncipes... Tudo bem que o casamento dessa sexta-feira não é igual aos dos livros; nem os protagonistas o são. William está ficando careca, Kate (por causa do jeito decidido) tem mais cara de madrasta da Branca de Neve  do que da própria em perigo. E nem em castelo eles vão viver, pode isso?  
Mas tem todo o encantamento em volta deles e nos detalhes que cercam o casamento: decoração, vestido de noiva, bolo do casamento, convidados...O beijo na sacada e o 'e serão felizes para sempre', embora a gente saiba que nem sempre eles são. 
Alguns tem exagerado com relação a esse casamento? Com certeza. Mas prefiro alguém exagerando com bobagem do que explodindo ônibus escolar 'em nome de Deus'. 

Sim, eu vou acordar mais cedo para assistir ao casamento. Vou deixar o time da minha TV ligado (e eu tenho sorte de ser uma 'FULL HD'  que assim eu vou ver a festa com alta qualidade de imagem) e com certeza vou criticar algumas coisas, invejar outras, rir de algumas, me emocionar com outras. E acho super normal. 

Vou achar que estou errada no dia em que eu pensar que a gente só deve gastar o tempo da gente na frente da TV vendo as mazelas do mundo em  notícias de gente morrendo em fila de hospital, promotora tendo a colaboração de médicos para simular distúrbio mental e atrapalhar as investigações sobre seu envolvimento com o esquema de corrupção, morro desmoronando sobre casas...

Sim... Eu vejo tudo isso. Reflito sobre tudo isso e coisas como o casamento real são o meu cafezinho do dia.
Aceita um?

7 comentários:

  1. Com certeza, e como se fosse um break da vida, um escape, tanta coisa ruim acontecendo...a gente quer mais e sonhar....sonhar com um fairytale wedding...

    ResponderExcluir
  2. Ótimo texto! Confesso que não me liguei muito ao evento e só agora, vi as imagens do casório, mas preciso confessar: amei o vestido. #prontofalei.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Nanci...

    "sonhar com um fairytale wedding... "

    Acho chique!

    ResponderExcluir
  4. Então gente...

    Minha Tv me acordou bem na hora que Kate começava o trajeto dela até a catedral.
    Achei tudo bonito, ela simpática e feliz durante toda a cerimônia, o príncipe William com cara de que estava casando por amor, não por 'convenção'.
    Gostei do vestido, apesar de muita gente estar reclamando que era muito 'sério', convencional. Eu ADORO, acho que tem tudo a ver com a ocasião, ficou com ares de realeza.
    E o que era aquela multidão indo para a frente do balcão para ver o tal esperado beijo? Dois selinhos rápidos, mas que tem tudo a ver com o jeito simpático, mas tímido, do príncipe. Acho que se fosse o príncipe Harry rolava até língua rs

    E vendo os comentários sobre as atribuições de Kate depois do casamento e o que NÃO pode, eu descobri que, mesmo se o príncipe William tivesse se apaixonado por mim, não rolava casamento de jeito nenhum.
    As razões eu comento num outro post.

    ResponderExcluir
  5. Aiai,acabei de confessar essa minha "alienação" no twitter.Não sei se estamos erradas,mas,pra mim,vc tem razão.

    ResponderExcluir
  6. Anunciação...

    Podemos até não ser a maioria, podemos não ter razão, podemos ser bobas, as quer saber? Acho que estamos certíssimas!!! :)

    ResponderExcluir

O blog é livre pra você comentar e se expressar sobre seus desejos, dúvidas,curiosidades. Só lembrando que comentários estimulando preconceitos ou contra a lei, como pedofilia, NÃO PODE! Expõe você como um idiota e pode dar problemas pra blogueira, mesmo está não concordando com você.

Se quiser conversar, mandar material ou fazer sugestões ao blog: conversaatrevida@gmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...